sexta-feira, 4 de março de 2011

Papa Bento XVI retira culpa dos Judeus pela morte de Jesus


O Papa Bento XVI tirou a culpa dos judeus sobre a morte de Jesus Cristo. Ele condenou o conceito da culpa coletiva, que abala a relação entre judeus e cristãos há séculos. As declarações estão no novo livro do Pontífice, “Jesus de Nazaré”, que será publicado na próxima semana.
Bento XVI fez um estudo comparativo de trechos do Novo Testamento que se referem à condenação de Jesus à morte pelo governador Pôncio Pilatos. Após a constatação, o papa se questiona sobre os “verdadeiros acusadores de Jesus”, já que no evangelho de João apenas é dito que os judeus são os culpados. Mas, segundo ele, isso não deve significar a generalização. Ele também lembrou que o antigo povo cristão era formada por judeus.
Bento XVI acredita que os verdadeiros acusadores de Jesus Cristo foram as “autoridades do Templo”, que não teriam concordado com o fato dele ter se declarado rei dos judeus.
O vice-presidente da Reunião Americana de Sobreviventes do Holocausto e de seus Descendentes, Elan Steinberg, saudou a declaração do papa e classificou como “um avanço importante.

Fonte: SRZD


2 comentários:

Anônimo disse...

Charles, aqui é o Murillo da (pp) AEMS. Muito bom seu blog, parabéns cara!

Comunicação disse...

Olá, blogueiro(a)!

Já assistiu a versão exclusiva da música "Minha mulher não deixa não" feita pelo Reginho, em parceria com o Ministério da Saúde para esse carnaval?
Confira e divulgue em seu blog: http://bit.ly/i29Rzi. Seja nosso parceiro e utilize seu espaço para lembrar a galera do Carnaval #comcamisinha.

Para saber mais sobre a campanha, acesse: www.camisinhaeuvou.com.br
Siga-nos no Twitter e fique por dentro: www.twitter.com/minsaude
Mais informações: comunicacao@saude.gov.br ou www.formspring.me/minsaude
Obrigado,
Ministério da Saúde